Polícia

Advogado de Araçatuba morre após bater moto em canavieiro na Rondon

Vítima conduzia uma moto BMW/R 1.200 sentido a Araçatuba e a colisão aconteceu em Guarantã

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
26/09/21 às 12h12
Madson Luís Brito Cardoso tinha 50 anos (Foto: Reprodução)

*Matéria atualizada às 13h55 para incluir informações

O advogado Madson Luís Brito Cardoso, 50 anos, morador no bairro Jardim Brasil, em Araçatuba (SP), morreu após bater a moto que conduzia na traseira de um caminhão canavieiro, na noite de sábado (25), na rodovia Marechal Rondon (SP-300). A colisão aconteceu no município de Guarantã e ele morreu no local.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o caso aconteceu por volta das 21h, no quilômetro 414,3, debaixo de um pontilhão. A vítima conduzia uma moto BMW/R 1.200 GS Adventure sentido a Araçatuba.

Quando passava pelo local, a moto bateu na traseira do último reboque atrelado a um caminhão Volvo usado no transporte de cana, com placas de Ribeirão do Pinhal (PR).

Causas

Segundo o boletim de ocorrência, o delegado plantonista acompanhado de equipe de investigação esteve no local para acompanhar a perícia. Não foram encontrados sinais de frenagem ou que o condutor do caminhão tivesse invadido a direção da motocicleta.

Além disso, os equipamentos de iluminação do veículo estavam em perfeito funcionamento e a luminosidade debaixo do pontilhão foi considerada de grau moderado.

Durante a perícia foram encontrados dois carregadores de arma de fogo com projéteis, mas não havia nenhuma arma com o advogado, apesar de ser constatado que ele possuía uma pistola calibre 380.

Após a conclusão da perícia, o corpo seria encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico.

Foto tirada por Madson no Vitrola Vintage Bar na semana passada (Foto: Reprodução)

Homenagens

Nas redes sociais, muitos amigos lamentaram a morte de Cardoso, que costumava participar de passeios de moto. Inclusive havia um passeio previsto para este domingo, saindo de Araçatuba.

O advogado retornava de viagem a Bauru, onde havia visitado um amigo. Ele voltava a noite porque choveu durante o dia na cidade. Até o início da tarde não havia previsão de quando o corpo seria liberado pelo IML (Instituto Médico Legal) para ser transladado para Araçatuba, onde deve ocorrer o velório e o enterro.

Moto pilotada por Madson teve a frente destruída (Foto: Divulgação)
Moto pilotada por Madson teve a frente destruída (Foto: Divulgação)
Moto pilotada por Madson teve a frente destruída (Foto: Divulgação)
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.