Polícia

Guardas municipais são investigados após denúncia de abuso de autoridade

Vídeo mostra abordagem a motociclista que foi agredido com socos próximo à avenida Brasília no último domingo

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
20/01/22 às 20h30

A Secretaria de Segurança de Araçatuba (SP) instaurou uma sindicância para apurar denúncia de abuso de autoridade por parte de três guardas municipais que estariam envolvidos em abordagem abusiva a um motociclista na madrugada do último domingo (16).

O Hojemais Araçatuba recebeu o vídeo gravado por câmeras de monitoramento que mostram a ação e encaminhou à Prefeitura, pois o denunciante se disse inconformado com a forma de atuação dos guardas municipais.

Ainda de acordo com ele, os investigados alegaram que o motociclista teria sido flagrado empinando a moto na avenida Brasília, o que justificaria a abordagem. “Eles deveriam ter feito a abordagem, seguida da devida autuação e possível apreensão do veículo, mas nunca uma agressão”, argumentou.

Motociclista é abordado quando está com as mãos para cima (Foto: Reprodução)

Ação

As imagens mostram o motociclista parando a moto na rua José Guimarães Marquês de Oliveira, em frente ao edifício residencial Central Park. Esse local fica nos fundos do estacionamento do Burger King. Assim que a moto para, ainda na rua, surge uma viatura da Guarda Municipal e o motociclista se levanta, e levanta as mãos para o alto.

Um dos guardas desce da viatura e sai empurrando o motociclista, que ainda está de capacete e com as mãos para cima. Outro guarda desce, retira a chave da moto e também vai em direção ao motociclista. As imagens o mostram dando um tapa, mas não é possível ver onde o golpe acerta.

Já o condutor da viatura é o mais agressivo. Ao descer do veículo ele vai caminhando rapidamente em direção motociclista, que está acuado pelos outros dois colegas de farda, e desfere quatro golpes contra ele, na altura da cintura, com bastante força.

Afastados

Ao ser informada da denúncia, a Secretaria de Municipal de Segurança comunicou que ainda não tinha conhecimento do fato. Porém, após análise as imagens, de imediato determinou a apuração dos fatos por meio de sindicância.

Durante a apuração, os guardas civis municipais envolvidos serão afastados do serviço operacional. “A Secretaria de Segurança de Araçatuba reforça que desvios de conduta não serão tolerados”, informa a nota.

O prefeito Dilador Borges (PSDB) também se manifestou por meio de nota da assessoria de imprensa. Ele reforçou que mesmo que a denúncia não tenha sido feita pela vítima, mas pela pessoa portadora das imagens de câmera, a conduta deve ser apurada.

“Independentemente de a denúncia ter sido feita pela vítima ou pela pessoa que conseguiu as imagens, é nossa obrigação apurar a conduta dos guardas municipais e punir conforme determina a lei”, justifica.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.