Polícia

Homem é preso após matar a vizinha estrangulada

Crime aconteceu em Santo Antônio do Aracanguá e o corpo da vítima foi encontrado perto de motel, em Araçatuba

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
13/01/21 às 21h15
Corpo de Rosinéia foi encontrado em ribanceira próxima à rodovia Marechal Rondon, em Araçatuba (Foto: Hojemais Araçatuba)

Um jovem de 25 anos, que é servidor público municipal em Guararapes (SP), foi preso na tarde desta quarta-feira (13) pela Polícia Civil, acusado de matar a vizinha dele, Rosinéia Rodrigues dos Santos, 42 anos. O crime aconteceu em Santo Antônio do Aracanguá.

Ela era considerada desaparecida e o corpo foi encontrado nesta tarde à beira da rodovia Marechal Rondon (SP-300), após a prisão do acusado.

O boletim de ocorrência do desaparecimento foi registrado por um irmão de Rosinéia, após ser informado pelo ex-marido que a procurou após ela não ter ido ao trabalho, em uma padaria da cidade.

O ex-marido foi até à casa da vítima, viu que o carro dela estava na garagem, um Honda Civic, mas ela não estava na residência, que estava trancada. A testemunha tentou contato pelo celular, inclusive por mensagens pelo WhatsApp, mas não teve resposta.

Rosinéia estava desaparecida e o corpo foi encontrado em Araçatuba (Foto: Reprodução)

Investigação  

Após o registro da ocorrência, a polícia iniciou as investigações e em visita ao imóvel não encontrou sinais de arrombamento ou de violência.

Ao analisar as imagens de câmeras de monitoramento de um imóvel vizinho, os policiais viram que um homem vestindo uma blusa com touca saiu com o carro da vítima e retornou horas depois.

Esse homem foi visto entrando em uma casa na mesma rua e foi reconhecido como sendo o funcionário da Prefeitura.

Os investigadores foram à casa dele, pediram que os acompanhasse até a delegacia para esclarecimentos e ao ser questionado do paradeiro da vítima, ele confessou o crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Esganada

O investigado alegou que entrou no quintal da casa de Rosinéia pulando o muro de uma casa desabitada que faz divisa com a residência da vítima. Ele alegou que pretendia cometer um furto e permaneceu no quintal, mas foi visto por ela.

Ele teria entrado em luta com a mulher, que passou a gritar. Ele disse que diante do barulho, pegou um cinto que estava sobre o criado mudo do quarto da vítima e passou a enforcá-la.

O investigado disse que ao perceber que ela havia morrido, ele arrumou a cama, carregou o corpo até o carro que estava na garagem e seguiu com o veículo sentido a Araçatuba.

Falou ainda que jogou a bolsa e os celulares dela durante o trajeto, na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), e dispensou o corpo na margem da Marechal Rondon.

Localizado

Após ser ouvido, ele levou os policiais até o local, que fica na saída que dá acesso ao primeiro retorno após a entrada de um motel no Jardim do Trevo, sentido a Guararapes. O corpo foi localizado em meio à vegetação, logo abaixo de um barranco.

O local foi periciado por equipe do Instituto de Criminalística e em seguida o cadáver foi recolhido pela funerária Laluce e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico.

O acusado foi preso em flagrante e ficou à disposição da Justiça.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.