Polícia

Homem morre com golpe de tesoura após discutir com irmão por louça suja

Crime aconteceu em Andradina e o irmão dele foi preso em flagrante por homicídio qualificado

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
25/02/21 às 10h01

Jefferson Lucas Batista Souza, 27 anos, morador em Andradina (SP), morreu após ser golpeado no peito com uma tesoura. O acusado do crime é o irmão dele, um pintor de 25 anos, que foi preso em flagrante. Inicialmente ele alegou que a vítima havia se autolesionado, mas depois confessou o crime.

O homicídio aconteceu na residência da família, no bairro Castanheira, onde policiais militares estiveram por volta das 23h30, após denúncia de que havia uma pessoa ferida.

Eles encontraram Jefferson caído na rua em uma esquina próxima à residência da família, já inconsciente e com um ferimento no peito. O irmão dele tentava conter o sangramento, enquanto aguardava a chegada do socorro.

Questionados pelos policiais, o investigado disse que eles haviam discutido por causa de uma louça suja que estava na pia. Durante a briga, Jefferson teria tentado atacá-lo e ele apenas se defendido. Porém, depois ele confessou que acabou desferindo um golpe de tesoura no irmão.

A vítima foi socorrida por equipe de resgate do Corpo de Bombeiros e levada até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde foi constatado o óbito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Investigação

Equipe da Polícia Militar preservou o local para a realização da perícia, que foi acompanhada por policiais civis. Durante as buscas, a polícia apreendeu uma porção de maconha e um cigarro da droga parcialmente consumido.

O acusado foi apresentado no plantão policial, junto com a tesoura, que foi apreendida e será periciada. O delegado que presidiu o flagrante manteve a prisão do investigado, que será indiciado por homicídio qualificado pelo motivo fútil.

Ele representou à Justiça pela conversão da prisão temporária em preventiva, por tratar-se de crime contra a vida, praticado entre entes familiares. “ Cabe ressaltar ainda que tal delito abala sobremaneira a comunidade local, ainda mais por tratar-se de crime envolvendo entes familiares”, citou no boletim de ocorrência.

O acusado seria encaminhado à cadeia de Pereira Barreto e o corpo de Jefferson passaria por exame necroscópico antes de ser liberado para velório e enterro.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.