Opinião

Você dormiu bem hoje?

"Estudos mostram que a falta crônica de sono aumenta o risco de inúmeras doenças, entre elas a hipertensão, o diabetes, a obesidade e a depressão"

Caroline C. de Oliveira Pascutti*
04/12/23 às 08h52

Não é novidade que o sono é uma necessidade essencial à vida. Mas você sabe qual é a importância de dormir bem e quais são os impactos de noites mal dormidas?

É durante o sono que nosso organismo desempenha funções importantes para equilibrar e restaurar o funcionamento de todos os sistemas do nosso corpo, tais como: eliminar toxinas do cérebro, regular o sistema imunológico, atuar no crescimento dos músculos, consolidar os aprendizados recebidos durante o dia, equilibrar o humor, restaurar nossa energia, entre outros. 

Com base nisso, já é possível imaginar que acumular noites mal dormidas não é uma boa idéia. Estudos mostram que a falta crônica de sono aumenta o risco de inúmeras doenças, entre elas a hipertensão, o diabetes, a obesidade e a depressão. Além disso, afeta significativamente nossa capacidade de atenção e memória. 

Na infância temos um agravante que é o enorme impacto no aprendizado. De acordo com a National Sleep Foundation, se temos uma noite de sono ruim, perdemos mais de 40% da nossa capacidade de aprender novas informações. 

Os bebês e as crianças estão, ao logo de todo o dia, expostas a diversos estímulos. São muitas novidades no mundo, na creche, na escola e no convívio familiar. Logo, a capacidade de atenção e retenção desses novos conhecimentos é importantíssima para o desenvolvimento cognitivo e social. 

A sociedade ainda romantiza as dificuldades oriundas da parentalidade. Afinal de contas “é esperado” que os pais durmam mal ao longo da primeira infância de seus filhos e deveriam sentir-se felizes e conformados diante dessa fase de sua família. Dessa forma, muitos pais e mães se sentem acuados e até mesmo incompetentes em assumir que não conseguem estabelecer uma boa rotina de sono em suas casas, que isso é frustrante, estressante e que impacta negativamente o convívio familiar. Afinal, o lar que deveria simbolizar acolhimento e repouso após um longo dia de trabalho muitas vezes se torna mais um campo de batalha a ser vencido. Não há espaço para descanso!

Essa situação de cansaço e frustração são mais comuns do que você pensa. A maioria das famílias sonham com o dia em que seus filhos consigam deitar na cama e dormir com leveza sem birras e sem aquele dorme-acorda em vários momentos da noite. Posso dizer que isso é possível através da consultoria de sono. 

A consultoria de sono conduz e capacita a família no processo de construção de hábitos saudáveis de sono. Isso transforma o seu dia; isso transforma a sua vida!

O consultor de sono devidamente capacitado investiga o ambiente do sono do bebê/criança para verificar se existe ali algum elemento desfavorável, analisa a quantidade e a qualidade do sono de acordo com a idade e o desenvolvimento. 

Além disso, observa alguns aspectos da alimentação, da saúde e dos vínculos familiares. Essas e outras particularidades são levadas em consideração no desenvolvimento do melhor plano de ação específico para cada família.
 
Espero que este texto tenha te auxiliado a entender como o sono é importante tanto para os pequenos quanto para os grandes e te pergunto: você dormiu bem hoje?

(Foto: Divulgação)



*Caroline C. de Oliveira Pascutti é consultora de sono infantil, consultora de amamentação e realiza ainda mentoria parental SleepTalk

*Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião deste veículo de comunicação

Gostaria de ter artigos publicados no Hojemais Araçatuba? Entre em contato pelo e-mail: redacao@ata.hojemais.com.br

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
  03/03/24 às 14h08
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM OPINIÃO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Jornalismo Digital LTDA
48.486.487/0001-90
Editor responsável:
Lazaro Silva Júnior MTB 48158
lazaro.junior@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2024 - Grupo Agitta de Comunicação.