Polícia

Homem é preso por fugir após atropelar mulher de bicicleta

Fez o teste do bafômetro, que confirmou que ele havia ingerido bebida alcoólica; não pagou a fiança

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
28/11/21 às 10h29

Um pedreiro de 53 anos, morador no bairro Água Branca, em Araçatuba (SP), foi preso na noite de sábado (27), após atropelar uma mulher que estava de bicicleta e fugir sem prestar socorro. Ele foi encontrado quando tentava sair da casa dele, admitiu ter atropelado a vítima e fez o teste do bafômetro, que confirmou que ele havia ingerido bebida alcoólica.

Segundo a polícia, o atropelamento aconteceu por volta das 20h, na rua Mauro José Bachiega. A vítima é uma vigilante de 42 anos, também moradora no Água Branca. Os policiais militares foram informados que o atropelamento aconteceu no cruzamento com a rua Salvador Barreto de Menezes e que o condutor de um Ford Focus havia fugido sem prestar socorro.

Quando chegaram ao local a vítima já havia sido atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levada para o pronto-socorro da Santa Casa. A bicicleta dela havia sido retirada do local, mas havia manchas de sangue próximo ao cruzamento.

Ferimentos

Os policias foram ao hospital onde a vítima era atendida e ela disse que não se recordava de nada. A mulher sofreu um corte na cabeça e, segundo o médico que a atendeu, apresentava fratura num osso das costas. Ela permaneceu internada, em observação.

Durante atendimento à ocorrência a polícia foi informada por populares da placa do Focus que havia atropelado a vítima. Os policiais encontraram o veículo em uma casa na rua Manoel Martins Guerra, e surpreenderam o pedreiro saindo com ele da garagem.

Ele foi abordado, identificado e inicialmente negou que tivesse se envolvido em algum acidente. Porém, os policiais notaram que havia sangue no para-choque e no capô do automóvel. Também havia riscos no para-choque e os dois pneus dianteiros estavam rasgados.

Confessou

Em vistoria no carro os policiais encontraram uma garrafa de cerveja vazia e, ao ser questionado novamente, o acusado admitiu que havia batido em uma bicicleta. Na versão dele, a mulher surgiu de repente na frente do carro, não sabendo explicar como aconteceu o acidente. Porém, confirmou que não parou para ver o que havia acontecido.

Após a realização de perícia, o investigado foi levado para o plantão policial e fez o teste do bafômetro, que apontou 0,15 miligrama de álcool por litro de ar alveolar. O limite para a prisão em flagrante é 0,33 miligrama, por isso configurou apenas infração administrativa, punível com multa.

Entretanto, devido à lesão sofrida pela vítima e por ele ter fugido do local do acidente, o delegado confirmou a prisão e arbitrou fiança de R$ 3.000,00. Como o dinheiro não foi apresentado, o pedreiro permaneceu à disposição da Justiça.

Não há informações do estado de saúde da vítima.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.