Polícia

Prédios de entidades viram alvos de bandidos em Araçatuba

UBS do Dona Amélia, Associação João Arlindo, Benedita Fernandes, Escola Sesi e uma igreja no bairro Alvorada foram invadidas para furtos na semana que passou

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
23/01/22 às 11h03

Pelo menos cinco entidades tiveram os prédios invadidos para furtos na semana que passou em Araçatuba (SP). Nem mesmo escolas e igrejas ficaram livres da ação de bandidos. E na noite de sábado (22), um homem de 33 anos foi preso em flagrante furtando fios elétricos de um clube desativado na rua Dr. Antônio Prudente, nos fundos da sede administrativa da GS Inima Samar.

Ele é morador no bairro Alvorada e foi surpreendido por volta das 20h, logo após arrancar cabos de energia elétrica. A Polícia Militar foi acionada pelo caseiro e o investigado foi surpreendido quando tentava pular o muro para deixar o recinto. No interior do prédio os policiais encontraram fios de energia elétrica e um alicate. O acusado foi preso em flagrante e ficou à disposição da Justiça.

UBS

Um dos prédios que foi invadido na semana passada foi o da UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro Dona Amélia. Funcionários acionaram a Guarda Municipal no início da manhã e comunicaram o furto de uma torneira completa do banheiro masculino, de duas válvulas de descarga completas, de dois registros de água e de duas trancas da fechadura.

Segundo o que foi informado à polícia, depois das 18h o local é frequentado por pessoas atendidas pelo Centro POP (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), que fica nos fundos da unidade de saúde.

Ainda de acordo com o que foi informado à polícia, o prédio não tem câmeras de monitoramento e o alarme não disparou durante a noite, o que indicaria que o furto teria ocorrido entre as 18h e 19h de quarta-feira (18).

Escola

A Associação Beneficente Batista João Arlindo, na avenida Dois de Dezembro, foi invadida na madrugada de segunda-feira (17) e representantes da empresa que faz o monitoramento do prédio estiveram no local.

Os invasores tiveram acesso ao imóvel pelo muro dos fundos, onde cortaram a cerca elétrica. Eles arrombaram duas portas e furtaram pacotes de arroz, de café e algumas sacolas com carne. Um televisor de 32 polegadas que estava na parede foi deixado sobre a mesa do refeitório.

Foram quebrados os vidros dos veículos que estavam estacionados no galpão e foi retirado o som, estepe, macaco e o triângulo de uma picape. Os dois veículos foram deixados com os capôs abertos e com os cabos das bateiras cortados.

Ao amanhecer, a carne, alguns pacotes de café, o rádio, o estepe, o macaco e o triângulo da picape foram encontrados em um campo de futebol, próximo ao muro da entidade.

Sesi

Na madrugada de quinta-feira (20) pelo menos dois ladrões pularam o portão da Escola Sesi, na rua Bolívia, foram até o refeitório, arrombaram uma janela e furtaram uma TV.

Eles também forçaram a janela da Sala dos Professores e pegaram dois monitores e três rádios de comunicação. As imagens da ação criminosa foram gravadas pelas câmeras de monitoramento e seriam entregues à polícia.

Fios

Já na Associação das Senhoras Cristãs Benedita Fernandes, no prédio que fica na rua Benedita Fernandes, os ladrões furtaram a fiação elétrica da sede administrativa. Eles estavam ligados à caixa de energia e alimentavam o setor de manutenção.

Segundo representantes da entidade, foram subtraídos aproximadamente 90 metros de fios. Eles informaram ainda à polícia que no final de 2021, a sede administrativa da entidade também foi alvo de ladrões, que furtaram os fios de energia.

Igreja

Também no dia 20, mas durante o dia a Igreja Nazareno, localizada na rua Baguaçu, bairro Alvorada, teve o hidrômetro furtado. Era por volta das 12h quando dois homens foram vistos mexendo no cavalete d’água da igreja.

A Polícia Militar foi acionada e uma equipe abordou os dois suspeitos na avenida Umuarama, com o hidrômetro furtado. Eles foram reconhecidos pela pessoa que os viu retirando o medidor de água da igreja, apresentados na delegacia e um deles confirmou que pretendiam trocá-lo por drogas.

O delegado que presidiu a ocorrência decidiu pela liberação da dupla, mas um inquérito seria instaurado para investigar o caso.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.