Polícia

Suspeito de vários assaltos é preso por agredir mulher e mantê-la presa em apartamento

Teria usado moto furtada em Birigui para cometer pelo menos 6 roubos nos últimos dias em Araçatuba

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
31/07/21 às 18h15

Um homem de 27 anos, morador no bairro Ivone Alves Palma, em Birigui (SP), foi preso na manhã deste sábado (31) em Araçatuba (SP), acusado de violência doméstica, lesão corporal, ameaça, dano, sequestro e cárcere privado e receptação.

Ele, que teria agredido uma mulher de 29 anos e a mantido durante toda semana presa dentro do próprio apartamento, é suspeito de ter participado de pelo menos seis roubos utilizando uma moto furtada em Birigui, que foi encontrada com ele.

O flagrante aconteceu no início da manhã, em um condomínio de apartamentos na rua Tibiriçá. Policiais militares estiveram no local pouco depois das 6h, para atender ocorrência de violência doméstica.

A vítima foi encontrada no apartamento dela, tinha ferimentos na boca e no braço direito e contou que o colchão dela havia sido parcialmente queimado pelo companheiro, que há uma semana a mantinha trancada dentro de casa.

Ela disse que conheceu o investigado cerca de 20 dias atrás no local onde realiza programas sexuais. Segundo a mulher, no domingo ele foi ao apartamento dela, a agrediu e disse que só a deixaria sair de casa quando as marcas das agressões desaparecerem. Desde então ela permaneceu trancada no apartamento, sob ameaça.

Nesta madrugada, o acusado teria voltado a agredi-la com um soco na boca, causando ferimentos. Ainda de acordo com ela, antes de deixar o local, o companheiro teria tomado o celular dela.

Escondido

Apesar de não ter sido encontrado no apartamento, a polícia foi informada pela mulher que ele poderia estar no condomínio, pois a moto usada por ele permanecia no estacionamento. Ao consultar a placa do veículo foi constatado que ele pertencia a um eletricista de 25 anos, morador em Birigui, e que havia sido furtado no último dia 10.

Como o porteiro confirmou que ninguém havia saído do condomínio, foi solicitado apoio, o local foi cercado e durante as buscas o acusado foi visto escondido próximo a um muro. Ao ver os policiais ele tentou fugir pulando o muro e chegou a ter acesso à rua, mas retornou ao ver os policiais e foi detido.

Ele estava com a chave da moto, o celular da vítima, que estava danificado, e negou tê-la agredido, alegando que esteve no apartamento dela apenas para fazer um programa sexual.

Roubos

Segundo a polícia, ao ser questionado sobre a moto, o investigado disse que a havia comprado por R$ 2 mil na cidade de Birigui, mas não soube dizer quando e de quem.

Durante o registro da ocorrência, foi constatado que no último dia 27 houve um roubo na rua Marcos Manfrinati, em Araçatuba, no qual o autor tinha as mesmas características do investigado, que teria utilizado a morto furtada no crime.

Pelo menos outras cinco ocorrências do mesmo tipo foram registradas nos últimos dias com o autor usando esse veículo, uma no dia 17, na rua Deomar de Carvalho c/ Vasco da Gama; uma no dia 19, na rua Antônio Floriano Petia; duas no dia 20, sendo uma na rua Madalena Lourenço Bruno e a outra na rua Aparecido Romano; e a última no dia 24, na avenida Juscelino Kubitscheck.

Segundo a polícia, o porteiro do prédio informou que o acusado ficou a semana toda entrando e saindo do condomínio com a moto furtada. Por ter machucado um dos pés durante a tentativa de fuga, o investigado passou por atendimento médico antes de ser apresentado no plantão policial.

Após ser ouvido ele permaneceu à disposição da Justiça e a moto foi devolvida ao proprietário e será periciada.

A mulher que foi libertada pelos policiais foi levada ao IML, onde passou por exame de corpo de delito que deu positivo para lesões corporais leves. Ela requereu as medidas protetivas de urgência contra o acusado.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.