Política

Câmara de Birigui é fechada após casos de covid-19

O presidente da Casa, Cesar Pantarotto Junior, e um servidor comissionado testaram positivo para o vírus; um terceiro funcionário está com sintomas

Aline Galcino - Hojemais Araçatuba
10/01/22 às 16h40
Medida é válida até o próximo dia 25 (Foto: Aline Galcino/Hojemais Araçatuba)

Após confirmação de casos de covid-19 de vereador e servidor, a Câmara de Birigui (SP), como medida de isolamento, estará fechada até o próximo dia 25. A medida está em ato publicado nesta segunda-feira (10), que regulamenta também o teletrabalho.

De acordo com o presidente da Câmara, Cesar Pantarotto Junior (PSD), ele teve diagnóstico positivo  para covid-19 confirmado por meio de exame hoje.

Além dele, outro servidor comissionado da Casa está contaminado com o vírus e um terceiro funcionário está com sintomas e é considerado suspeito. Todos trabalharam normalmente até a última sexta-feira (7), tendo contado com demais vereadores e servidores da Casa.

Em conversa com o Hojemais Araçatuba, Cesinha disse que está bem, porém um pouco cansado, e que a medida foi tomada para evitar uma disseminação maior do vírus dentro do Legislativo. O servidor também está bem, com sintomas leves, conforme apuração da reportagem.

Documento

Conforme o documento assinado pela Mesa Diretora, as atividades da Casa continuam. O protocolo será executado em sistema de home-office, das 8h às 11h e das 13h às 17h, devendo os documentos serem encaminhados para o e-mail institucional: digitakacamarabirigui.sp.gov.br .

O atendimento ao público permanecerá suspenso, enquanto perdurar a validade do ato, mantendo-se somente a escala dos vigias para a conservação do patrimônio público. 

Os demais serviços administrativos da Câmara continuarão a ser prestados pelo regime de  teletrabalho, regulamentado no ano passado.

Exceção

As exceções são os atos da comissão processante, que apura supostas irregularidades cometidas pelo prefeito Leandro Maffeis (PSL) na contratação de OS (Organização Social) para gestão do pronto-socorro de Birigui. "Neste caso, os atos permanecerão presenciais e os prazos não serão suspensos, tendo em vista a gravidade e a urgência na apuração dos fatos que deram origem a referida comissão", diz o texto.

O julgamento do relatório final da comissão deverá ser realizado por meio de videoconferência. A data ainda não havia sido definida até o publicação desta matéria.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.