Política

Câmaras Municipais se unem para aumentar força política da região de Araçatuba

Iniciativa foi apresentada à imprensa nesta quarta-feira pelos presidentes dos Legislativos de Araçatuba, Birigui, Penápolis e Andradina, as quatro cidades mais populosas da região

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
20/10/21 às 17h44
Frente parlamentar regional foi apresentada nesta quarta-feira em Araçatuba (Foto: Lázaro Jr./Hojemais Araçatuba)

Foi oficializada nesta quarta-feira (20), a criação de uma frente parlamentar regional para tentar fortalecer politicamente a região administrativa de Araçatuba (SP). A iniciativa partiu das presidências das Câmaras de Araçatuba, Birigui, Penápolis e Andradina, maiores cidades da região em população, que agora passarão a contatar os demais Legislativos de cada microrregião para compor o grupo.

O projeto foi chamado inicialmente de Câmara Regional Legislativo do Noroeste Paulista, mas há sugestão para nomeá-lo de Frente Parlamentar de Desenvolvimento Regional.

A proposta foi apresentada em evento realizado pela manhã na Câmara de Araçatuba, pelos presidentes dos Legislativos desses quatro municípios. Também compareceram parlamentares dessas cidades.

Durante a apresentação, o presidente da Câmara de Araçatuba, Alceu Batista de Almeida Júnior (PSDB), o Dr. Alceu explicou que a ideia dessa união regional partiu dos quatro, com o objetivo de afiar ideias e discutir projetos interessantes.

Ele citou como exemplo, informações que circularam pelas redes sociais recentemente, sobre possível instalação de uma praça de pedágio entre Araçatuba e Birigui. Caso isso fosse efetivado, afetaria vários municípios da região. Assim, ele o grupo entende que a frente parlamentar regional teria mais força para cobrar um posicionamento do governo do Estado.

Presidente da Câmara de Araçatuba, Dr. Alceu, falou sobre a iniciativa (Foto: AG Cardoso/AI Câmara)

Agregar

Segundo o que foi informado, a partir de agora, cada um dos presidentes que compuseram a mesa terá a missão de convidar os Legislativos das demais cidades da região para integrar o grupo.

Os próximos passos serão formalizar um estatuto próprio em conjunto, com regimento interno, para regulamentar as reuniões e ações. De acordo com Dr. Alceu, inicialmente a proposta é realizar reuniões mensais virtuais, mas também devem ocorrer encontros presenciais. 

“Esperamos que a criação dessa frente parlamentar seja uma contribuição eficaz para a nossa região e para as pessoas que vivem nessas cidades e têm com o propósito de formar um instrumento de agregação para discussão em busca de soluções eficientes”, informou.

Para Cesinha Pantarotto, iniciativa será um marco para a região (Foto: AG Cardoso/AI/Divulgação)

Fortalecimento

Os presidentes das Câmara das demais cidades citaram a importância dessa união para fortalecer a região politicamente. Para o presidente do Legislativo de Birigui, César Pantarotto Júnior (PSD), o Cesinha Pantaroto, essa iniciativa é um marco na região e tem como intuito torná-la mais forte e as cidades mais representativas.

“Estamos pensando no macro, não micro. Temos que lembrar que temos cidades menores como Braúna, Bilac, Glicério, que vão se juntar a nós com certeza, para discutir sobre o que está acontecendo nesses municípios e que pode estar ocorrendo em outros. Na verdade, nossos problemas são os mesmos, então temos que nos unir e trabalhar juntos”, discursou.

Ainda de acordo com ele, trata-se de o início de um projeto que pode levar anos para apresentar resultados, com a junão de políticas para o bem comum. "Estamos criando uma situação hoje, que talvez demore cinco, dez, quinze anos, mas um dia acontece, porque alguém começou a andar", disse.

Letícia Sader, presidente da Câmara de Penápolis, falou da importância da troca de experiências (Foto: AG Cardoso/AI/Divulgação)

Troca de experiências

Presidente da Câmara de Penápolis, a vereadora Letícia Takano Sader (MDB) comentou que nos primeiros dez meses de mandato já conseguiu levar para o Legislativo local propostas que se tornaram lei, que foram conhecidas durante visitas de cortesia a outros municípios, o que comprovaria a importância dessa integração.

“A iniciativa é atrair as Câmaras menores, para fortalecer o Legislativo. O projeto tem tudo para servir de modelo para outras regiões”, destacou, reforçando que o grupo está muito focado no diálogo, para o bem comum. "A proposta é essa, estamos alinhados no respeito, no diálogo e na união", explicou.

O presidente da Câmara de Andradina, Helton Rodrigo Prando (PRTB), o Coxinha Prando, acrescentou que quem ganhará com essa união será a população, e que os benefícios devem se estender a outros municípios, para o bem de todas as cidades.

Coxinha Prando, presidente do Legislativo de Andradina, entende que quem ganhará com essa união será a população (Foto: AG Cardoso/AI/Divulgação)

Propostas

Durante a apresentação, os vereadores que participaram do evento apresentaram sugestões, as principais delas relacionadas à área da saúde. Uma das sugestões foi para que a frente parlamentar lute pela realização de mutirões para realização de cirurgias eletivas, que teve a demandada aumentada devido à pandemia.

Também foi falado da necessidade de cobrar do governo do Estado a instalação do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) Cirúrgico em Araçatuba, compromisso do governador João Doria (PSDB).

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.