Política

Salmeirão exonera chefe de Gabinete da Prefeitura de Birigui

Aladim José Martins deve ser convocado para assumir a vaga do vereador Paquinha, preso há 20 dias

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
20/10/20 às 15h56
Aladim José Martins foi exonerado da chefia de Gabinete de Salmeirão e deve ser convocado pela Câmara de Birigui (Foto: Arquivo)

A Prefeitura de Birigui (SP) publicou nesta terça-feira (20), portaria exonerando Aladim José Martins do cargo de chefe de Gabinete do prefeito Cristiano Salmeirão (PTB).

Segundo o que foi apurado pela reportagem, ele deve ser convocado pelo Legislativo Municipal para ocupar a vaga do vereador José Roberto Merino Garcia (Avante), o Paquinha, que foi preso no final de setembro.

O Hojemais Araçatuba encaminhou e-mail à Câmara de Birigui questionando sobre essa convocação, mas não houve resposta até a publicação desta matéria. A sessão desta terça-feira no Legislativo de Birigui começa às 17h.

A reportagem apurou que o suplente direto de Paquinha seria a ex-vereadora Dr.ª Osterlaine, que se elegeu pelo MDB e recebeu 950 votos. Entretanto, por ter mudado de partido, a vaga ficaria com Aladim, que teve 830 votos.

Afastamento

Paquinha foi preso em 29 de setembro, durante a Operação Raio X, deflagrada pela Polícia Civil para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Birigui e de Penápolis, contra dezenas de acusados de integrar organização criminosa especializada em desvio de dinheiro público da área de Saúde por meio de OSSs (Organizações Sociais de Saúde).

No último dia 8, a Justiça de Birigui acatou a denúncia do Ministério Público contra o parlamentar, que teve a prisão temporária convertida em preventiva, junto com mais 26 réus.

Paquinha é acusado de receber uma “mesada” de R$ 5 mil mensais para defender os interesses do grupo investigado. A pena, em caso de condenação, varia de 3 a 8 anos de prisão, podendo ser ampliada em até dois terços por envolvimento de funcionário público.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Convocação

Na última quarta-feira (14), o Hojemais Araçatuba questionou a Câmara sobre possível afastamento de Paquinha por ele não estar comparecendo às sessões, e se seria feita a convocação do suplente para o cargo.

Na ocasião, o Legislativo municipal informou, por meio de nota, que não havia recebido nenhuma informação oficial por parte do Judiciário com relação à prisão do parlamentar.

Além disso, alegou que o Jurídico da Casa estudava os procedimentos que seriam adotados com relação à possível suspensão do pagamento dos vencimentos do vereador, do assessor dele e a convocação do suplente para assumir a vaga.

LEIA TAMBÉM
LEIA TAMBÉM
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.