Cotidiano

Alunos de escola particular de TL ‘recebem’ Eduardo Suplicy durante aula de sociologia

O encontro foi virtual e articulado pelos próprios estudantes

Daniela Galli - Hojemais Três Lagoas
14/06/21 às 09h00

Os alunos do terceiro ano do ensino médio de uma escola particular de Três Lagoas encontraram-se virtualmente com o economista Eduardo Suplicy (PT) na última semana. O encontro foi articulado pelos próprios estudantes e aconteceu durante a aula de sociologia na escola. 

Segundo o professor da disciplina, Rafael Sartorelli, a ideia de ouvir Suplicy começou antes, quando eles começaram a falar sobre desigualdade social e chegaram a um projeto do petista que é a renda básica universal. “Como a ideia é debatida mundo afora, nos interessou bastante”.

Quem descobriu o contato da assessoria do político foi  João Marcelo Camapche, de 17 anos. Foi ele também quem fez os primeiros diálogos para que o encontro acontecesse. Sartorelli explica que o agendamento aconteceu rapidamente. 

Feito isso, os estudante partiram então para uma pesquisa mais aprofundada sobre o projeto. “Nós fizemos um grupo no whats app para centralizar todas as informações que víamos sobre desigualdade social. Tudo para enriquecer ainda mais o debate”, explica o professor. 

O papel dos estudantes foi fundamental, na opinião de Sartorelli. “Hoje nós vivemos um momento muito interessante em que os jovens estão bem engajados na política”.
A aula, que teria duração de 40 minutos acabou se estendendo por uma hora e meia. Suplicy teve mais tempo de fala, segundo o professor, para que ele pudesse se apresentar e descrever o projeto. 

Segundo Suplicy, reverter a desigualdade social é algo que não pode esperar. “Seja qual for o ano, faz-se necessária a efetivação de uma renda básica de cidadania. Ninguém sai de casa pela janela, mas sim pela porta, a renda mínima traria consigo a abertura dessa porta e a consumação de uma vida digna”.

Depois a explanação contou com a participação dos alunos com perguntas e, antes de se despedir, o político cantou a música ‘Blowin' in the Wind’, de ‘Bob Dylan’, junto com todos os que estavam presentes. Ele disse ainda que gostaria de visitar Três Lagoas depois que a pandemia acabar e, quem sabe, assistir a uma sessão da Câmara Municipal. 

O professor garante que vai dar continuidade à proposta. “Recebi mensagem de vários pais que elogiaram a iniciativa, por isso vamos continuar a nos ‘encontrar’ com outros estudiosos da sociologia”.

Para João Marcelo, a aula foi ‘fenomenal’. “Foi sensacional falar com um intelectual do calibre de Suplicy. Fiquei bastante interessado sobre o projeto de renda básica de cidadania. 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.