Polícia

Bandido que matou a 'queima roupa', dois policiais foi morto durante confronto

Ozeias Silveira de Moraes, era suspeito, e segundo as leis, não poderia ser algemado. Aí fica a pergunta: Que Lei é esta que preserva o bandido e mata o Policial?.

Aurora Villalba - Hojemais/ Três Lagoas
10/06/20 às 10h02

Ozeias Silveira de Moraes, era suspeito, e segundo as leis, não poderia ser algemado. Aí fica a pergunta: que Lei é esta que preserva o Bandido e mata o policial?” disse o delegado  Marcelo Vargas durante entrevista a imprensa.

O autor do duplo homicídio a queima roupa, que ceifou a vida de dois policiais civis, Jorge Luiz Alves da Costa e Antônio Marques Ramires Júnior,  ontem (9), em Campo Grande,  em pleno exercício de suas atividades profissionais revoltou os moradores da capital e de todo o estado de MS. O crime aconteceu na avenida Fernando Correa da Costa e mobilizou a cidade toda na caçada ao bandido. 

A operação mobilizou inclusive policiais de folga, desde as 17h30, quando aconteceu o duplo homicídio no Bairro Itanhangá, região central de Campo Grande. Segundo apurado, quando as equipes localizaram o foragido, em horário e local não precisado, houve confronto e ele acabou morto no Bairro Santa Emília, no sudoeste da cidade. Ozeias chegou a ser levado para a Santa Casa. 

Segundo a polícia, a Derf investigava um roubo de jóias na Rua Euclides da Cunha e chegou até William Dias Duarte Cormelato, o outro preso que estava na viatura. Como ele já tinha em aberto mandado de prisão por violência doméstica, foi algemado para ir à delegacia prestar esclarecimentos.

Ozeias também é suspeito do roubo, mas sem mandado de prisão, acabou transportado apenas para averiguações, sem algemas como prevê a lei.  O que os policiais não sabiam é que ele entrou armado na viatura. 

Vítimas - Foram mortos os investigadores de polícia judiciária Antônio Marcos Roque da Silva, 39 anos, e Jorge Silva dos Santos, 50 anos. Roque estava na polícia desde 2006 e Jorge, conhecido como Jorginho, era servidor público da segurança desde o ano de 2002.

Com informações/Aonça.com.br

 

 

 

 

 



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.