Cultura

Artistas de Araçatuba concorrem a uma vaga para tocar no festival João Rock

Os 20 participantes mais votados no concurso de bandas, seguem para a próxima fase; araçatubense Rafael Borégio está em 7º lugar na votação popular

Manu Zambon - Hojemais Araçatuba
11/05/22 às 20h00
(Fotos: Biu Marque/Bruno Suart/Flávia Baxhix/Monique Martins)

Lançado com o objetivo fortalecer a cena da música nacional e bandas independentes, o Concurso de Bandas do festival João Rock, realizado em Ribeirão Preto (SP), tem artistas de Araçatuba (SP) concorrendo a uma vaga para o line up principal do evento deste ano, que conta com Pitty & Nando Reis, Natiruts, Titãs, Emicida, Criolo & Céu, Baiana System, entre outros. 

Participam da votação popular as bandas Tropicadelia, Cigarros Indios e Ovelhas Negras, e o músico e cantor Rafael Borégio, conhecido como Booregio. Nessa fase, o público pode selecionar os artistas favoritos e votar até o dia 16 de maio.

Ao fim das votações, as 20 bandas mais votadas já estão pré-selecionadas automaticamente para as semifinais. Na fase três, a curadoria do evento seleciona dois grupos para a final. No dia 4 de junho, as duas bandas selecionadas se apresentarão e juízes do festival irão escolher qual banda fará parte do line up oficial do João Rock 2022.

(Foto: Flávia Baxhix/Divulgação)

Tropicadelia

A banda Tropicadelia, formada pelos músicos Fernando Kid (vocal/guitarra), Eduardo Martinez (baixo/voz) e Renan Augusto Dias (bateria/voz), tem seis anos de trajetória, com o propósito de trazer para um formato power trio de rock a tropicália e a psicodelia. No festival, os músicos concorrem com a música autoral “Khanimambo”, que significa “obrigado” em changana/xangana, dialeto falado em Moçambique.

A composição é assinada pelo baterista, que morou por um ano no país africano e compôs a canção como uma forma de externar gratidão e homenagear o povo que o acolheu. O clipe da música traz uma série de registros do país captados pelo próprio Renan. O clipe foi dirigido e captado pela artista multimídia Flávia Baxhix, de Araçatuba. 

“A Tropicadelia se inscreveu no concurso sem grandes expectativas, pensamos mais em usar o espaço como uma vitrine para o nosso trabalho e também usar a votação como teste de engajamento das pessoas que nos acompanham. No entanto, ficamos muito surpresos com a resposta que tivemos, com a empolgação e apoio das pessoas com a possibilidade de nos ver no João Rock".

Até a tarde desta quarta-feira (11), a banda contabilizava 116 votos. Para votar na Tropicadelia, clique aqui


(Foto: Bruno Suart/Divulgação)

Cigarros Indios

Formada pelos músicos Kamylla Vrech (voz/ukulele), Ricardo Storti (guitarra), Herivelto Medeiros (baixo) e Tico Beatbox (bateria), a Cigarros Indios surgiu em 2018 e apresenta um repertório onde a trilha sonora é o rock, com influências que passam por Amy Winehouse, Nina Simone, Hendrix, entre outras. 

Esta é a segunda vez que o grupo participa do concurso de bandas do festival. Nesta edição, concorrem com a música "De Perto". Segundo Storti, a canção não é o trabalho atual da banda, mas é uma faixa especial para os integrantes, pois mostra o amadurecimento na linha de composição.

"Conseguimos concatenar diversas referências, além de entender melhor como funciona uma gravação de estúdio e usar isso a favor. Identificar as coisas que funcionam bem e as que não funcionam tão bem e o resultado final foi algo que nos deixou realmente felizes", explica. 

A banda Cigarros Indios segue na competição com 32 votos, até a tarde de hoje. Para votar, clique aqui .

(Foto: Biu Marques/Divulgação)

Ovelhas Negras

Ovelhas Negras também concorre entre as 500 bandas cadastradas no concurso. Formada em 2004, o grupo foi idealizado por Valdomiro Maria e Júlio Rodolfo Maria, pai e filho, respectivamente. Hoje, a banda está com uma nova formação: Dani Moraes (bateria), Gabriel Franco (baixo), Alex Prior (guitarra), Dorfo (vocais) e Mirão (Backn Vocal). 

"É sempre importante para as bandas que tenham um material autoral participar de concursos como o João Rock, pois cada novo ouvinte conta para os objetivos da banda, independente do resultado, marcar presença é muito importante, é nossa forma de dizer: estamos aqui!", diz Rodolfo.

No concurso, Ovelhas Negras está participando com o single "Tática de Guerra", que segundo o músico, foi muito bem recebida pelo público. "A letra se passa na visão de um soldado dentro de uma guerra onde o mesmo não perde seus valores pessoais e passa a perceber que não existe nenhuma 'tática de guerra' que nos traga paz", explica. 

Para votar na banda, clique aqui

Artista de Araçatuba está em 7º lugar na votação popular

(Foto: Monique Martins/Divulgação)

O músico araçatubense Rafael Borégio, conhecido como Booregio, alcançou o 7º lugar entre os mais votados no concurso de bandas, com 441 votos.

Booregio tem 19 anos e se considera uma "banda de um homem só". Utiliza a técnica summing para unir faixas pré-produzidas com sua performance. Ingressou no mundo da música aos 14 anos e desde então tem produzido canções autorais e em breve planeja lançar “Sem Chão”, seu segundo álbum.

Uma das inspirações de Booregio é a banda Twenty One Pilots, que é composta por apenas um baterista e um vocalista e utiliza a mesma técnica, “summing”, para levar aos palcos músicas instrumentalmente completas.

Seu objetivo é chegar ainda mais longe e alcançar mais pessoas como um artista independente. “No final das contas é tudo sobre isso né, sobre como você quer atingir as pessoas e como você vai atingir as pessoas”.

Para votar em Booregio, clique aqui

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CULTURA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.