PET

Saiba como trazer mais diversão para o pet em espaços pequenos

É possível manter o animal ativo com atividades físicas nesses locais

Sérgio Dias - Especial para o Hojemais Araçatuba
27/06/22 às 20h00
(Foto: Pixabay/Divulgação)

Muitos leitores do Hojemais Araçatuba deixam de ter um pet em casa por falta de espaço. Mas sabia que é possível desenvolver atividades com o animal de estimação mesmo em espaços pequenos?

Para quem já vive a realidade de espaços pequenos sabe bem da dificuldade em conseguir manter o animal ativo com atividades físicas, onde ele não tem a possibilidade de explorar o local, como em um lugar aberto. 

“Além da falta de espaço para o animal correr ou se movimentar, os tutores também precisam encarar a rotina diária de cada família, que nem sempre favorece esses momentos de entretenimento e cuidado com o amigo que fica em casa”, afirma Patrícia Sprada, CEO da EcoCão Espaço Pet.

Movimento

Algumas atividades podem garantir a movimentação dos pets mesmo em espaços reduzidos. Os cachorros e gatos gostam de brinquedos pequenos, como as bolinhas. Por esse motivo é importante ter o acessório para trabalhar principalmente sua movimentação. 

Também é possível montar bolinhas com meias que não são mais utilizadas, mas nesse caso é preciso ter a supervisão do tutor, pois há pets que gostam de mastigar tecidos e acabam engolindo.

Outra forma de levar mais dinâmica e diversão para a vida dos pets é realizar atividades que incentivam sua memória. Essas brincadeiras podem ser executadas com itens simples, como alguns copos ou baldes pequenos e quanto mais obstáculos, maior a dificuldade. Assim é possível brincar de esconder o brinquedo e incentivar o pet a procurar e localizar onde está. 

Estímulos

Além da memória, é importante também treinar a percepção do animal em relação ao seu faro e aos gostos dos alimentos, assim promover brincadeiras como “caça-ração” ou “caça-petisco” pela casa são boas opções. Além do pet se mexer bastante buscando a sua recompensa, ele acaba trabalhando áreas importantes no seu desenvolvimento. 

Algo simples, como uma caixa de papelão para gatos, é outra opção. Eles gostam de brincar com tudo que seja macio ou que tenha papelão e uma boa alternativa é levar esses objetos para a rotina deles. Também é possível criar outras atividades utilizando garrafas de plástico, bandejas de ovos, potes descartáveis, entre outros. A criatividade é sem limites na hora de agradar os pets. 

Por fim, sempre que possível e considerando que muitas vezes o pet acaba ficando o dia inteiro sozinho no apartamento ou em casa, é essencial que o tutor crie uma rotina de passeios para ajudar a aliviar um possível estresse do companheiro.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM PET
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.