Geral

Adolescentes usam as redes sociais para dizer não a 'Brincadeira da Rasteira' 

Estudantes de várias cidades brasileiras estão gravando vídeos para formar uma corrente do bem e conscientizar quanto aos perigos da "brincadeira"  perigosa.  

Aurora Villalba - Hojemais/ Três Lagoas 
14/02/20 às 08h00

Uma brincadeira que se tornou um grande viral nas redes sociais está semana no Brasil começou a ser combatida.

'A Rasteira' não tem nada a ver com brincar, pelo contrário é de mal gosto e e revoltante. A sociedade brasileira, dentre as quais, a três-lagoense reprovou, e teceu várias críticas sobre o assunto.

Uma matéria exclusiva em Três Lagoas publicada pelo Hojemais, alertando os pais e a sociedade sobre os riscos da tal 'brincadeira' foi a mais acessada esta semana, Por unanimidade nossos leitores se posicionaram contrários a nova 'brincadeira'.

Exemplos demostrando amor ao próximo e responsabidade por parte de estudantes das Escolas, Batista e Adventista que estão postando vídeos com objetivo de formar uma corrente do bem e conscientizar quanto aos perigos das "brincadeiras quebra-crânio ou rasteira", que vem preocupando pais, educadores e profissionais da saúde em todo o país, estão agradando, tendem a se tornarem virais do bem.

Assista aos vídeos da corrente do bem que estão conscientizando a juventude quanto aos perigos desta brincadeira nociva!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.