Cotidiano

Família tem dificuldade para encontrar vaga em UTI neonatal para recém-nascido

Menino nasceu na Santa Casa de Penápolis no sábado, foi diagnosticado com pneumonia e a transferência aconteceu na tarde de terça-feira para Araçatuba, quando pai registrou boletim de ocorrência

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
04/11/21 às 18h28
Bebê foi transferido para a Santa Casa de Araçatuba com 4 dias de vida (Foto: Divulgação/Arquivo)

O pai de um recém-nascido procurou a delegacia em Penápolis (SP) na tarde de terça-feira (2), relatando dificuldade para conseguir a transferência do bebê para uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal. A criança nasceu no sábado (30) na Santa Casa da cidade e somente após registrar a ocorrência na delegacia que foi feita a transferência para Araçatuba, segundo o pai.

O trabalhador rural, que tem 27 anos, esteve na delegacia por volta das 11h, informando que o filho dele havia nascido na tarde de sábado, quando a esposa dele estava de 8 meses de gestação.

Ele apresentava dificuldade de respiração e como seria necessário interná-lo em uma UTI neonatal, teria sido solicitado a vaga. Ao registrar a ocorrência ele disse que até o início da tarde de terça-feira não havia resposta com relação à possível transferência, apesar de na madrugada de terça-feira a criança apresentar piora no estado de saúde.

Pneumonia

De acordo com o pai do menino, exames diagnosticaram pneumonia e uma infecção no pulmão do bebê. Ele informou que durante conversa com a médica plantonista ela teria dito que os pedidos pela vaga estariam sendo reiterados e que, com o passar dos dias, as chances de recuperação da criança diminuiriam sem a transferência.

Ainda de acordo com o pai do recém-nascido, a médica teria comentado sobre a possibilidade de o hospital encaminhá-lo para a Santa Casa de Araçatuba mesmo sem haver a vaga, porém, haveria o risco de o bebê ficar no pronto-socorro do hospital aguardando a disponibilização da vaga.

Vaga

A reportagem conversou por telefone com o pai do recém-nascido, que informou que após procurar a polícia, no período da tarde a Santa Casa de Penápolis providenciou a transferência para o hospital de Araçatuba.

Entretanto, de acordo com ele, essa transferência teria sido feita sem a confirmação da vaga no hospital, a qual teria sido obtida quando o paciente deu entrada na unidade.

Prefeitura

Como a Santa Casa de Penápolis está sob intervenção do município, na quarta-feira a reportagem encaminhou e-mail à Prefeitura pedindo informações sobre o caso e que confirmasse a inclusão desse recém-nascido na Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde).

Também foi pedido que confirmasse se havia dificuldade de conseguir a vaga ou se central de vagas que não estaria atendendo, mas não houve resposta.

Estado

Também na quarta-feira foi encaminhado e-mail à Secretaria de Estado da Saúde questionando sobre o caso, mas como a Prefeitura não respondeu se solicitou a vaga à Cross, não havia como confirmar a informação.

Foi questionado ao Estado se há redução nos leitos de UTI para atendimento dos pacientes devido a parte desses leitos de terapia intensiva serem destinados a pacientes com sintomas de covid-19.

E o Hojemais Araçatuba perguntou ainda quantos leitos de UTI neonatal há disponíveis na área do DRS-2 (Departamento Regional de Saúde) de Araçatuba; se somente a Santa Casa de Araçatuba tem esse tipo de leito; e quantos são. Também não houve resposta.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.