Cotidiano

Possível demolição da estação ferroviária mobiliza grupo ligado à Cultura

Espaço na região central de Araçatuba (SP) foi construído na década de 1960 e há estudo da Prefeitura para revitalização da área

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
25/03/19 às 18h40
Prefeitura quer elaborar projeto de revitalização da área da antiga plataforma de embarque, na região central de Araçatuba (SP) (Foto: Reprodução Google)

A possível demolição do antigo terminal ferroviário de Araçatuba (SP), na avenida dos Araçás, está mobilizando um grupo da cidade ligado à Cultura. Ao tomar conhecimento do fato, o Conselho Municipal de Políticas Culturais agendou uma reunião com representantes da administração municipal para tratar o assunto.

A possível demolição da estrutura, construída na década de 1960, foi confirmada pela Prefeitura no final da tarde desta segunda-feira (25), que informou que está iniciando um estudo para revitalização da área central da cidade.

"O objetivo da administração é investir significativamente na modernização das condições de mobilidade no local", informou a Prefeitura em nota.

Ainda de acordo com a administração municipal, a proposta é criar novos espaços de convivência, abrir passagens para o trânsito fluir com mais segurança para pedestres e motoristas e, acima de tudo, melhorar a urbanização com avanços ambientais significativos.

Possibilidade

Também pela assessoria de imprensa, o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, afirmou que a extinção do antigo terminal é uma possibilidade, mas estão sendo feitos estudos e a Prefeitura está aberta a ideias.

Ele argumenta que a plataforma de embarque da antiga estação ferroviária não foi tombada e, na visão dele, não tem valor histórico, diferentemente de outras construções relativas à antiga ferrovia, que foram tombadas e serão preservadas por terem valor histórico-cultural.

"Nós estamos fazendo um projeto, contratando um profissional para que ele faça uma revitalização da área. Vamos discutir o que vai ser feito, para que de fato aquilo ali não fique mais Araçatuba debaixo e Araçatuba de cima", declarou.

Ainda de acordo com ele, essa área está degradada e há um problema estrutural com a construção. Consoni explicou que a estrutura é composta de duas lajes de balanço que precisam de manutenção. "É uma estrutura que antes de tudo tem que fazer uma recuperação e uma recuperação estrutural é cara. Mas tudo isso será estudado", afirmou.

Reunião

O presidente do Conselho Municipal de Cultura, Caique Teruel, informou ao Hojemais Araçatuba que foi pego de surpresa ao ser procurado para se posicionar em relação à possível demolição.

Diante do questionamento, ele fez contato com outro membro da diretoria do Conselho e com a Secretaria Municipal de Cultura, e foi agendado ainda para esta semana, uma reunião com a Secretaria Municipal de Planejamento para entender o processo e pensar em conjunto em soluções para o espaço.

Ainda de acordo com ele, após essa a reunião será marcado um encontro com os demais membros do Conselho, para que todos possam se posicionar e deliberar o parecer sobre o caso.

"Acreditamos que a antiga estação ferroviária não deve ser demolida e sim ressignificada (ter uma nova destinação). Ela está em um ponto importante da cidade e traz consigo uma arquitetura marcante", declara.

Indignado

Ainda nesta segunda-feira, um morador em Araçatuba, que se disse indignado como cidadão com a possibilidade de demolição da estação ferroviária, criou uma página na rede social Facebook contra a ação.

A página é denominada "Somos contra a demolição da estação ferroviária de Araçatuba", que no início da noite acumulava mais de 100 curtidas.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.