Cotidiano

Possível demolição da estação ferroviária mobiliza grupo ligado à Cultura

Espaço na região central de Araçatuba (SP) foi construído na década de 1960 e há estudo da Prefeitura para revitalização da área

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
25/03/19 às 18h40
Prefeitura quer elaborar projeto de revitalização da área da antiga plataforma de embarque, na região central de Araçatuba (SP) (Foto: Reprodução Google)

A possível demolição do antigo terminal ferroviário de Araçatuba (SP), na avenida dos Araçás, está mobilizando um grupo da cidade ligado à Cultura. Ao tomar conhecimento do fato, o Conselho Municipal de Políticas Culturais agendou uma reunião com representantes da administração municipal para tratar o assunto.

A possível demolição da estrutura, construída na década de 1960, foi confirmada pela Prefeitura no final da tarde desta segunda-feira (25), que informou que está iniciando um estudo para revitalização da área central da cidade.

"O objetivo da administração é investir significativamente na modernização das condições de mobilidade no local", informou a Prefeitura em nota.

Ainda de acordo com a administração municipal, a proposta é criar novos espaços de convivência, abrir passagens para o trânsito fluir com mais segurança para pedestres e motoristas e, acima de tudo, melhorar a urbanização com avanços ambientais significativos.

Possibilidade

Também pela assessoria de imprensa, o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, afirmou que a extinção do antigo terminal é uma possibilidade, mas estão sendo feitos estudos e a Prefeitura está aberta a ideias.

Ele argumenta que a plataforma de embarque da antiga estação ferroviária não foi tombada e, na visão dele, não tem valor histórico, diferentemente de outras construções relativas à antiga ferrovia, que foram tombadas e serão preservadas por terem valor histórico-cultural.

"Nós estamos fazendo um projeto, contratando um profissional para que ele faça uma revitalização da área. Vamos discutir o que vai ser feito, para que de fato aquilo ali não fique mais Araçatuba debaixo e Araçatuba de cima", declarou.

Ainda de acordo com ele, essa área está degradada e há um problema estrutural com a construção. Consoni explicou que a estrutura é composta de duas lajes de balanço que precisam de manutenção. "É uma estrutura que antes de tudo tem que fazer uma recuperação e uma recuperação estrutural é cara. Mas tudo isso será estudado", afirmou.

Reunião

O presidente do Conselho Municipal de Cultura, Caique Teruel, informou ao Hojemais Araçatuba que foi pego de surpresa ao ser procurado para se posicionar em relação à possível demolição.

Diante do questionamento, ele fez contato com outro membro da diretoria do Conselho e com a Secretaria Municipal de Cultura, e foi agendado ainda para esta semana, uma reunião com a Secretaria Municipal de Planejamento para entender o processo e pensar em conjunto em soluções para o espaço.

Ainda de acordo com ele, após essa a reunião será marcado um encontro com os demais membros do Conselho, para que todos possam se posicionar e deliberar o parecer sobre o caso.

"Acreditamos que a antiga estação ferroviária não deve ser demolida e sim ressignificada (ter uma nova destinação). Ela está em um ponto importante da cidade e traz consigo uma arquitetura marcante", declara.

Indignado

Ainda nesta segunda-feira, um morador em Araçatuba, que se disse indignado como cidadão com a possibilidade de demolição da estação ferroviária, criou uma página na rede social Facebook contra a ação.

A página é denominada "Somos contra a demolição da estação ferroviária de Araçatuba", que no início da noite acumulava mais de 100 curtidas.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 COMENTÁRIOS
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.