Plantão Hojemais

GOE apreende adolescente que usava barbearia ‘fake’ para vender drogas

Investigado vai completar 18 anos no próximo domingo e confessou que ganhava R$ 80,00 de comissão com a venda de cada cota de 28 pedras de crack

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
26/01/22 às 09h54

Um adolescente de 17 anos, morador no residencial Porto Real, em Araçatuba (SP), foi apreendido na tarde de terça-feira (25), ao ser flagrado comercializando drogas no bairro São José. Ele, que vai completar 18 anos no domingo (30), usaria uma barbearia de “fachada” para praticar o ato infracional.

O flagrante foi feito por equipe do GOE/Deic (Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada de Investigações Criminais), que há aproximadamente duas semanas recebeu denúncias de que um adolescente estaria traficando drogas na frente de um salão de barbearia na avenida Água Funda, no bairro São José.

Na segunda-feira (24) a equipe em diligência viu o adolescente no local, junto com outras pessoas, mas ele atendia possíveis usuários. Porém, ao perceberam a viatura, todos fugiram correndo. Já na terça-feira o investigado foi surpreendido pelos policiais que chegaram por uma via perpendicular, não havendo tempo de correr.

Droga

Durante revista pessoal os investigadores encontraram R$ 20,00 em dinheiro, um Iphone e três pedras de crack entre a bermuda e a cueca do adolescente. Segundo a polícia, ele confessou que estava comercializando a droga, que receberia de uma pessoa desconhecida.

Relatou ainda que para cada cota com 28 papelotes do entorpecente que vendia, recebia R$ 80,00 como comissão. Ele contou ainda que havia mais dinheiro referente à venda de drogas dentro da barbearia, onde foram apreendidos R$ 166,00.

Fachada

No local os policiais também apreenderam um celular e o investigado revelou que o prédio havia sido alugado por uma pessoa da qual não sabe o nome, para ser utilizado por ele para o comércio de drogas. Segundo a polícia, no prédio não havia nenhum equipamento próprio para o desempenho da atividade de barbearia.

Os policiais civis foram à casa do adolescente, informaram a mãe dele sobre o flagrante e ela o acompanhou ao plantão policial, onde a ocorrência foi apresentada. Ele seria encaminhado à Fundação Casa, onde deve permanecer à disposição da Vara da Infância e da Juventude.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM PLANTÃO HOJEMAIS
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.