Plantão Hojemais

Mulher denuncia à polícia que foi estuprada por homem de moto

Seguia de carro pela rua Anhanguera e foi interceptada por estuprador quando acessou a rua América do Sul

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
10/02/21 às 09h33

Uma mulher de 36 anos denunciou à polícia em Araçatuba (SP) na noite de terça-feira (9), que foi vítima de estupro ocorrido praticamente um mês atrás. O crime teria ocorrido no último dia 15, praticado por um homem de moto.

Ela contou à polícia que no início daquela madrugada, após sair do trabalho,  seguia de carro pela rua Anhanguera. Ao virar à direita na rua América do Sul, percebeu que passou a ser seguida por uma motocicleta.

De acordo com ela, o condutor da moto passou a bater no carro. Assustada, ela acelerou, mas foi acompanhada e ultrapassada pela moto, que foi usada para bloquear a frente do carro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estupro

Segundo a vítima, condutor da moto desceu do veículo e foi em direção ao carro dela, que saiu do automóvel bastante nervosa e perguntou se ele estava louco. O homem teria respondido algo que ela não entendeu e quando a vítima virou-se para voltar para o carro, foi agarrada pelo cabelo e jogada sobre o capô do veículo.

Ela disse que em seguida o homem encostou algo pontiagudo nas costas dela e falou que se ficasse quieta, ele iria fazer somente o que tinha vontade e não a mataria.

A vítima relatou que permaneceu debruçada no capô do veículo, teve a calça aberta e foi estuprada. Após manter relação sexual com ela, o homem subiu na moto e foi embora.

Por fim, a mulher disse que o local onde ocorreu o crime era escuro e pode ver apenas que o estuprador usava boné e máscara. Um inquérito será instaurado para investigar o caso.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM PLANTÃO HOJEMAIS
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.