Geral

Novo decreto é publicado e toque de recolher volta a ser das 20h ás 5h 

Academias não funcionarão também e estará proibida a circulação de pessoas em áreas de lazer como o entorno da Lagoa Maior

Redação  - Hojemais Três Lagoas
06/04/21 às 08h19

Foi publicado nesta terça-feira, 6, o novo decreto municipal onde restringui o horário de recolher para ás 20h até às 5h. De acordo com o novo decreto o horário também é válido para os finais de semana, segundo o as medidas seguem até 18 de abril. Segundo o documento o comércio em geral poderá ficar aberto, com atendimento presencial, desde que cumpra todas as medidas de biossegurança e o horário do toque de recolher.
Após o horário de restrição só é permitido o atendimento de lanchonetes, restaurantes e outros serviços não considerados essenciais por meio do delivery. Também fica liberado após às 20h, os serviços considerados
essenciais e já estipulados no decreto estadual, de 31 de março, como farmácias, postos de saúde, segurança pública, entre outros.

Três Lagoas está em estado de bandeira vermelha, ou seja, há um grande risco de contágio, as novas medidas buscam combater o vírus e freae a propagação. 

Pensando nisto está proibido a circulação de pessoas em áreas de lazer e recreação, como no entorno da Lagoa Maior, principal cartão postal da cidade, o funcionamento de academias, centros de ginásticas e
estabelecimentos similares, bem como realização de aulas coletivas, como
crossfit, dança, zumba, jump, funcional, também esta proibido.


Ainda de acordo com o decreto, está suspenso o funcionamento de clubes de lazer e espaços de
locação para confraternizações e entretenimentos coletivos. O documento estabelece que as reuniões, comemorações, confraternizações, festividades e eventos de qualquer natureza, em ambientes e locais públicos ou privados, ficam restritos ao limite de seis pessoas.


As apresentações musicais ou qualquer modalidade de expressão artística de forma presencial em estabelecimentos públicos ou privados estão proibidas.

As igrejas e templos religiosos poderão realizar as celebrações presenciais.
No entanto, as atividades devem estar limitadas a 25% da capacidade do local. O documento pontua que essa decisão será mantida até o novo julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), previsto para quarta-feira (7),
sobre o fechamento das igrejas. Até que as ações sejam julgadas, as atividades presenciais estão liberadas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.