Polícia

Mecânico sobrevive após levar 7 tiros em Araçatuba

Crime foi em um depósito de bebidas na avenida Ibirapuera e vítima procurou atendimento médico sozinha

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
26/02/21 às 15h30
Crime ocorreu em depósito de bebidas na avenida Ibirapuera (Foto: Reprodução Google)

Um mecânico de 29 anos, morador no bairro Alto da Boa Vista, em Araçatuba (SP), foi vítima de tentativa de homicídio ao levar pelo menos sete tiros na noite de quinta-feira (25).

O crime aconteceu em um depósito de bebidas na avenida Ibirapuera e, segundo o que foi informado à polícia, apesar dos ferimentos, ele não corria risco de morrer.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais militares foram até o depósito de bebidas, que fica no cruzamento com a rua Ari Barroso, por volta das 20h, após denúncia de disparos de arma de fogo.

Inicialmente eles encontraram marcas de sangue na rua, calçada e dentro do depósito de bebidas, mas a vítima não estava no local.

Cliente

Em conversa com uma testemunha, a polícia foi informada que a vítima era cliente do estabelecimento e estava sentada na calçada quando surgiu um desconhecido com capacete preto e com uma arma na mão.

Sem dizer nada, esse homem passou a disparar contra o mecânico, que tentou fugir entrando no depósito, mas foi acompanhado pelo suspeito, que continuou atirando.

Após os disparos o homem fugiu, enquanto a vítima correu para os fundos do depósito e deixou o prédio por um corredor lateral, tendo acesso à rua, onde entrou em um carro branco e desapareceu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Investigação

O local foi preservado pelos policiais militares para a realização de perícia, que foi acompanhada por equipe da DH/Deic (Delegacia de Homicídios da Divisão Especializada de Investigações Criminais). Durante os trabalhos foi constatado que o autor atirou pelo menos nove vezes com uma pistola calibre 380.

Ao término da perícia, a polícia soube que o mecânico havia procurado atendimento médico no pronto-socorro municipal. A equipe médica informou que ele fora atingido por sete disparos de arma de fogo, mas não corria risco de morrer em função dos ferimentos.

Transferido

Como precisava de exames complementares, o paciente seria transferido para a Santa Casa, que não divulga informações sobre o estado de saúde de vítimas de tentativa de homicídio.

Segundo a polícia, a vítima e os familiares dela não souberam informar os possíveis motivos do atentado e um inquérito será instaurado para investigar o caso.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.