Cotidiano

Assistência Social de Três Lagoas promove campanha “Agosto Lilás” 

Está campanha é referente às comemorações dos 14 anos da Lei Maria da Penha, que tem como objetivo reprimir  todo o tipo de violência de gênero, violência doméstica, familiar e violência contra a mulher

Da redação - Hojemais Três Lagoas
31/07/20 às 14h02
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Campanhã Agosto Lilás (Reprodução/jornalbomdia)

A partir deste sábado, 1 de agosto, a Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e em uma das ações do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – CRAM “Halley Coimbra Ribeiro Junqueira”, sob a responsabilidade e orientações da Diretoria de Proteção Social Especial, estará promovendo a realização da Campanha “Agosto Lilás”

Está campanha é referente às comemorações dos 14 anos da Lei Maria da Penha, que tem como objetivo reprimir  todo o tipo de violência de gênero, violência doméstica e familiar e violência contra a mulher.

Durante o próximo mês, acontecerá várias ações para motivar a reflexão e mudanças de atitudes relacionada à violência.  Para que isso possa acontecer, a equipe do CRAM estará participando de programas de Rádio, TV e Redes Sociais, além da divulgação de mensagens através de faixas a serem afixadas em vários locais da Cidade.

Está campanhã conta com a participação das equipes de seis unidades:  CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), Defensoria Pública, 2º Batalhão de Polícia Militar (2ºBPM), Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Subseção de Três Lagoas e equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

Na próxima quarta-feira (5), acontecerá uma live, que está sendo organizada pela OAB de Três Lagoas,  com o tema  “Violência Doméstica – Enfrentamento em Tempos de Pandemia”. Também irá ocorrer a ação  “Liberte-se”, em parceria com as equipes do CREAS e das seis unidades CRAS, ou seja, CRAS Ana Maria Moreira, CRAS Ruth Filgueiras, CRAS São João, CRAS Amélia Jorge de Oliveira, CRAS Vila Piloto e CRAS Interlagos.

Segundo os relatórios feitos pela equipe do CRAM, são 228 novos casos de violência doméstica desde março.

Entre os dias 17 de março e 24 de julho, 66 mulheres, vítima de violência, foram atendidas pela equipe do CRAM e o total de atendimentos efetuados pela equipe técnica chegou a 163.

Os números têm crescido a cada mês. De acordo com os relatórios do CRAM: em março, foram oito novos casos e 17 mulheres atendidas; em abril, 13 novos casos e 20 mulheres atendidas; em maio, houve 12 casos novos e 15 mulheres foram atendidas; em junho, foram 07 as novas ocorrências e 12 mulheres atendidas; e em julho, já foram contabilizados 19 novos casos e 23 mulheres atendidas. 

(*) Prefeitura de Três Lagoas

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.