Geral

MS registra mais três mortes por H3N2

Taxa de letalidade da Influenza é quase sete vezes maior que da Covid

Redação - Hojemais Três Lagoas
27/01/22 às 13h49

De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), a taxa de letalidade da Influenza A H3N2 é 6,87 vezes maior do que a da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Além disso, o estado contabiliza 352 casos da doença.


A taxa de letalidade é a relação entre óbitos e casos confirmados. Com isso, a Influenza causou mais óbitos do que Covid-19 nas últimas semanas no estado. Nas últimas 24 horas, 9 pessoas tiveram a confirmação da infecção H3N2 e estão hospitalizadas em decorrência do vírus. Campo Grande lidera a lista, com três novos casos.

Mato Grosso do Sul registrou 352 casos de influenza A H3N2 — Foto: SES/ Reprodução

Ainda segundo o boletim, foram registradas três mortes em decorrência do vírus H3N2. Atualmente, apontado pela SES, a taxa de letalidade da Covid está em 2,4%, enquanto a H3N2 está em 16,5%. O estado acumula 55 mortes em decorrência da infecção.
 
Dois homens, de 46 e 72 anos, tiveram a morte confirmada pela SES devido ao vírus. Eles tinham comorbidades, como imunodeficiência e doença cardiovascular. A outra vítima foi de uma mulher, de 38 anos, com diabetes.

Covid-19
 
Em meio à proliferação da variante Ômicron do coronavírus, 2.687 pessoas foram contaminadas pela covid-19 nas últimas 24 horas. O número é um pouco menor do que foi registrado ontem, quando Mato Grosso do Sul teve recorde no índice de novos casos da doença, com 3.418 pessoas com resultado positivo para a doença.
Desde o início da pandemia, Mato Grosso do Sul contabiliza 9.829 mortes provocadas pelo coronavírus. Conforme a SES, 14 óbitos foram registrados nas últimas 24 horas.
A média móvel dos últimos 7 dias é de 2.155,3 registros a cada 24 horas. Os novos casos foram diagnosticados principalmente em Campo Grande (+384), Dourados (+239), Coxim (+139), Ponta Porã (+118), Aparecida do Taboado (+105) e Corumbá (+104).
Mato Grosso do Sul contabiliza, até o momento, 411.872 casos confirmados da doença e, destes, 382.580 já estão recuperados.

(*) G1 MS

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.