Polícia

Desentendimento por causa de porco termina em ameaças de morte

“Vou colocar fogo em você quando estiveres dormindo. Eu te arrebento, te mato e te sangro", disse o autor para a vítima

Albecyr Pedro - Hojemais Três Lagoas
07/12/19 às 02h18
Foto: Ilustrativa

O desentendimento por causa de um porco virou caso de polícia na tarde de quinta-feira (5) em Três Lagoas. Um homem de 59 anos procurou a polícia para denunciar as ameaças sofridas pelo colega de trabalho de 45 anos. Os dois trabalham como chapa na limpeza de caminhão de soja, quando um deles ameaçou o outro de morte, consta na ocorrência policial.

O caso aconteceu em um recanto de caminhoneiros localizado na Rua Egídio Thomé no bairro Vila Alegre. Segundo a vítima, ele cria o animal e havia vendido para um conhecido, porém, o autor das ameaças sem sua autorização, estava negociando com outra pessoa. Após o episódio, ambos se desentenderam e o homem recebeu ameaças de morte.

O autor e a vítima dividem a moradia em um mesmo quintal. “Vou colocar fogo em você quando estiveres dormindo. Eu te arrebento, te mato e te sangro", disse o autor para o companheiro de trabalho. Na delegacia, a vítima informou que o autor possui passagens pela polícia por dois homicídios e teme por sua vida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.