Conteúdo Patrocinado

Setor de tecnologia cresce substancialmente na Bolsa de Valores

Em apenas um ano, as empresas tech saltam de 4 para 13 na bolsa de valores.

EpicPlay*
09/06/21 às 10h15

Nos últimos anos, o investidor que quisesse investir em ações de empresas de tecnologia listadas na bolsa brasileira teria opções muito limitadas. Porém, de 2020 para cá foram nove aberturas de capital de empresas do setor de tecnologia. Antes disso, a B3 possuía apenas quatro. Não há como negar: essas companhias vêm ganhando cada vez mais importância na economia atual, pois fornecem insumos essenciais para absolutamente todos os setores, do varejo à indústria.

A primeira empresa de tecnologia a estrear na bolsa brasileira foi a Totvs (TOTS3), em março de 2006, ela é considerada a maior empresa do setor no Brasil. Em seguida foi a vez da Positivo e apenas sete anos depois, em fevereiro e março de 2013, Linx e Sinquia abriram capital.

As recentes remodelações do mercado consumidor têm alavancado a importância da tecnologia na vida das pessoas. Hoje, empresas que dependem exclusivamente da tecnologia: Um exemplo recente são as empresas de apostas ao vivo que estão investindo grandemente no Brasil recentemente, após o Governo Federal sancionar a MP 846 relacionada às apostas de quota fixa, onde sites comumente conhecidos como o NetBet roleta vieram aos montes patrocinando 14 dos 20 times de futebol série A do Brasileirão esperando ótimas projeções de crescimento. Isso não é por acaso, atualmente é possível fazer tudo neste segmento, no celular, e empresas diversas estão se adaptando ao gadget e à internet o quanto antes.

O fato é que o mundo depende cada vez mais da tecnologia e isso pode refletir positivamente nas ações desse setor. É só ver o que houve com o setor de e-commerce com a pandemia. Por esses e outros motivos que o setor tem bons potenciais e perspectivas de crescimento no longo prazo.

Mesmo no curto prazo, muitas empresas de tecnologia da Bolsa vêm chamando atenção, um exemplo disso é que pelo menos cinco empresas brasileiras de tecnologia superaram o índice Ibovespa em 2019 e tiveram um bom começo de 2020, mesmo em meio à crise.


Veja Sobre Algumas das Principais Empresas Tech na B3

Totvs

A Totvs é uma empresa de tecnologia que atua com o desenvolvimento de softwares de gestão empresarial para os mais variados setores, como saúde, educação, comércio e serviços. A companhia nasceu em 1969 e atualmente conta com 11 filiais no Brasil e com centros na Argentina, Estados Unidos, México, Colômbia e Portugal.

A Totvs está entre as cinco empresas de tecnologia da bolsa que superaram o índice Ibovespa em 2019 e no período de março até julho de 2020.

Sinqia

A Sinqia é uma empresa de desenvolvimentos de softwares financeiros que nasceu em 1996. As tecnologias são voltadas para a gestão de bancos, consórcios, previdências, empresas de consultoria e para administração de fundos.

Positivo

Marca de computadores e de celulares, a Positivo também desenvolve softwares para gestão educacional. Em 2016, a companhia entrou também no mercado da tecnologia médica como detentora de capital da empresa Hi Technologies. Apesar da queda entre janeiro e março de 2020, a alta na crise foi de 28,43%.

Locaweb

A Locaweb foi inaugurada em 1998 e é a primeira empresa brasileira de hospedagens de sites, pioneira na tecnologia de armazenamento em nuvem. Essa é uma companhia nova na B3, pois o seu capital foi aberto somente em fevereiro de 2020. Apesar de recente no mercado acionário, há bons resultados mesmo na crise, além de perspectivas positivas. Entre março e julho de 2020, houve valorização de 217,2%.

*O conteúdo é de responsabilidade do anunciante


 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CONTEÚDO PATROCINADO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.