Justiça

Réu é condenado a 16 anos de prisão por assassinato

Julgamento realizado nesta quarta-feira durou cerca de 10 horas e jurados acataram na íntegra a denúncia do Ministério Público

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
29/06/22 às 20h01

O Tribunal do Júri de Araçatuba (SP) acatou na íntegra a denúncia do Ministério Público e condenou nesta quarta-feira (29), Denis Renato Seabra, 29 anos a 16 anos, 9 meses e 18 dias de reclusão em regime fechado, pelo assassinato de Alan Roberto Costa, 40.

O crime aconteceu em 24 de janeiro de 2020, em um posto de combustíveis na esquina da rua Aguapeí com a Bolívia, no bairro Aclimação. O réu aguardava julgamento preso e não terá direito de aguardar possível recurso em liberdade.

O julgamento, que aconteceu no Fórum de Araçatuba, começou às 9h e terminou pouco depois das 19h. A defesa, feita pelo advogado Álvaro Fernandes, defendeu a tese negativa de autoria, pediu a absolvição ou o afastamento da qualificadora, mas todos os pedidos foram rejeitados pelos jurados.

Denúncia

O Ministério Público foi representado pelo promotor Adelmo Pinho, autor da denúncia de Seabra por homicídio qualificado pelo motivo que dificultou a defesa da vítima. Segundo o que consta na denúncia, Costa foi abordado pelo réu no final da madrugada daquele dia, quando caminhava pela rua Aguapeí, onde fica o posto de combustíveis.

Uma testemunha disse à polícia que viu quando Seabra se aproximou da vítima, a abraçou e efetuou seis disparos com uma arma de fogo. O crime seria por vingança, já que momentos antes os dois teriam se desentendido quando tomavam cerveja juntos em um bar na rua Marcílio Dias.

Costa teria tomado o copo da mão de Seabra e ainda desferido um tapa no rosto dele, que decidiu matá-lo. Como os dois seriam frequentadores do posto de combustíveis onde ocorreu o homicídio, eles foram reconhecidos.

O julgamento foi presidido pelo juiz Danilo Brait e o Ministério Público já adiantou que não pretende recorrer.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM JUSTIÇA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.