Opinião

Chegou o final de ano e com ele, os temporários

O amparo legal gera uma segurança jurídica importante nesta época, pois evita os tradicionais ônus dos contratos por prazo indeterminado

Walter Roque Gonçalves*
06/12/21 às 18h14

Artigo 2º da lei nº 6.019/1974 prevê a contratação de temporários para atender demandas complementares de serviços. Para o empresário este período significa aumento de vendas, para tanto é preciso mais pessoas na frente de vendas e na retaguarda da produção. Estas demandas estão distribuídas no comércio em geral, sem se esquecer das indústrias e setores de serviços ligados ao turismo e lazer. 

O amparo legal gera uma segurança jurídica importante nesta época, pois evita os tradicionais ônus dos contratos por prazo indeterminado. A contratação do temporário dentro do que rege a lei é de no máximo seis meses, prorrogável por mais três meses. Isto mesmo, o seu funcionário temporário pode ficar para o ano que vem. Lembrando que, aqueles trabalhadores que cumprirem os nove meses permitidos, poderão voltar a ser contratados depois de 90 dias do término do contrato. Portanto, atenção ao prazo para manter a relação de trabalho dentro da legalidade. 

A empresa Grupo Gente, especializada em recrutamento de pessoas, reforça que as entrevistas com os candidatos precisam levar em consideração experiências anteriores, conhecimentos específicos e as referências, além da postura e a desenvoltura do candidato que, muitas vezes, dizem mais do que o currículo. 

O treinamento é fundamental, isto gerará mais segurança e garantirá melhor desempenho. Colocá-los perto de profissionais mais experientes ajuda muito, inclusive na integração com a equipe. 

Este movimento de aumento de demanda que ocorre em todos os finais de anos é a oportunidade para os empresários colherem o seu “13º” e para os empregados temporários, a possibilidade de conseguir um trabalho fixo.

Para ambos o segredo está no foco no cliente e no relacionamento deste com a marca, loja e produtos. O atendimento de qualidade em vendas ainda está no centro das ações que permitirão tanto empresários como os empregados temporários a chegarem mais rápido aos seus objetivos.


Walter Roque Gonçalves é professor executivo FGV, consultor de resultados | CRA 144.772 | Contato: (18) 99723-3109 | e-mail: walter@consultoriajk.com.br

(Foto: arquivo pessoal)

 

* Walter Roque Gonçalves é professor executivo FGV e consultor de resultados. (E-mail:  walter@consultoriajk.com.br )


** Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião deste veículo de comunicação.


Gostaria de ter artigos publicados no Hojemais Araçatuba? Entre em contato pelo e-mail redacao@ata.hojemais.com.br  

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM OPINIÃO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.