Economia

Motoristas de aplicativo de TL querem fazer paralisação no final do mês

O objetivo é protestar contra o aumento do preço da gasolina

Hojemais Três Lagoas - Daniela Galli
13/10/21 às 11h59

Os motoristas de aplicativo da cidade de Três Lagoas se preparam para uma mobilização que deve acontecer no final do mês de outubro.

O objetivo é protestar contra o aumento do preço da gasolina, que tem dificultado o desempenho do trabalho deles, devido ao aumento dos custos com as corridas. Os valores, repassados aos clientes, fez com que o movimento de trabalho diminuísse. 

“Para a gente que depende do combustível, tem sido cada vez mais complicado, tanto para nós, como para nossos clientes”, segundo o motorista Rafael Ribeiro Barbosa. Ele conta que, com o aumento das despesas, o valor das corridas acaba pensando no bolso dos clientes que, assustados, procuram outras formas de se locomover.

UNIÃO ESTRATÉGICA

Uma das formas que os motoristas encontraram em Três Lagoas para não serem tão prejudicados, foi formarem, entre eles, grupos em aplicativos de conversa para que possam atender melhor os clientes. “Se eu tenho uma corrida e estou muito longe do local, eu lanço no grupo e um outro colega que está mais próximo atende à demanda”.

Barbosa explica que já atua como motorista de aplicativo há aproximadamente seis meses, quando ficou desempregado. Porém o que conta na carteira de trabalho dele é o registro como motorista profissional mesmo.

“Por esse motivo é que tenho que passar sempre por capacitação, pago o seguro do carro para que tanto eu e o cliente tenhamos respaldo. Faço investimentos e a baixa nas corridas foi bem significativa. A gente passou a receber menos por conta do aumento e fomos muito prejudicados”.

Para ele, a diferença entre os valores dos combustíveis entre um posto e outro é muito pequena. “São dois, três centavos às vezes. A gente não sabe mais o que fazer, somos pais de família, temos contas para pagar”. 

Barbosa diz também que muitos colegas desistiram de trabalhar como autônomos e voltaram a atuar com carteira assinada. “Graças a Deus eu tenho uma boa carteira de cliente, mas mesmo assim está difícil cada vez mais a gente oferecer conforto para os clientes como ar condicionado, manter sempre o carro limpo. Tudo isso gera custo”.

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM ECONOMIA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.