Cotidiano

Ex-prefeito de Coroados Nelson Gonzales Caetano morre aos 71 anos

Político estava internado havia alguns dias em um hospital de Birigui e teve uma parada cardiorrespiratória

Aline Galcino - Hojemais Araçatuba
14/01/22 às 14h20
Imagem Nelson Gonzales na galeria de prefeitos do site oficial do Executivo de Coroados (Foto: Divulgação)

O ex-prefeito de Coroados (SP) Nelson Gonzales Caetano (MDB) morreu no final da tarde desta quinta-feira (13), aos 71 anos. Conforme apuração da reportagem, Nelson estava internado havia alguns dias em um hospital de Birigui e teve uma parada cardiorrespiratória.

O corpo está sendo velado no Velório Municipal de Coroados e seu sepultamento será hoje (14), às 17h, no cemitério local.

A atual prefeita Terezinha Aparecida Castilho Varoni (DEM) decretou luto oficial de três dias pelo seu falecimento.

Atuação

Nelson foi prefeito de Coroados em três momentos. Foi eleito nos mandatos de 1989 a 1992 e de 2009 a 2012, e assumiu como chefe do Executivo no final do mandato de 2008, após Elias Ferreira, seu adversário político nas eleições, perder o cargo.

Membro do MDB, Nelson não disputou as últimas eleições municipais porque estava inelegível. Sua última candidatura foi em 2016, no entanto, por uma cadeira no Legislativo, o que ficou prejudicado pelas condenações judiciais. Mesmo sem cargo eletivo, o ex-prefeito era atuante como membro de diretório.

Transporte

O diretor da Câmara dos Vereadores de Coroados, Miguel Mário Malheiro, contou à reportagem que um de seus maiores feitos como prefeito foi a implantação do transporte de trabalhadores entre Birigui e Coroados, logo em seu primeiro mandato.

"Na época não tínhamos as linhas convencionais e era muito difícil do trabalhador chegar ao serviço. Foi então que ele implantou o transporte de trabalhadores, iniciativa mantida até hoje", disse. Malheiro afirma também que, embora tenha tido problemas judiciais em suas gestões, Nelson era uma pessoa querida na cidade, caridosa e boa de coração".

Saúde

O diretor explicou que Nelson teve um problema sério de coluna há pouco mais de um ano, pelo qual passou por tratamento. Nas últimas semanas, o problema teria voltado com complicações. Ele ficou internado durante vários dias, período em que passou por algums procedimentos, e teve uma parada cardiorrespiratória ontem. Equipe médica tentou a reanimação, mas sem sucesso.

Ele era viúvo - a esposa faleceu há pouco mais de dois anos - e deixou duas filhas.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.