Cotidiano

Mutirão quer zerar fila de mais de 29 mil cirurgias na região de Araçatuba

Governo do Estado vai pagar o dobro da Tabela SUS para 54 procedimentos utilizando unidades públicas e a rede privada

Da Redação - Hojemais Araçatuba
25/05/22 às 11h01
Anúncio do mutirão de cirurgias havia sido feito pelo governador Rodrigo Garcia em visita a Araçatuba (Foto: Lázaro Jr./Hojemais Araçatuba)

O governador Rodrigo Garcia (PSDB) confirmou nesta quarta-feira (25), a realização de um “Mutirão das Cirurgias” para zerar a fila de mais de 538,1 mil cirurgias cadastradas hoje na Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde). Na região de Araçatuba são 29.358 cirurgias represadas e ele já havia informado sobre o mutirão em visita à cidade recentemente.

Segundo o que foi informado, haverá cirurgias extras na rede estadual, com remuneração dobrada nos hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde) e a contratação de serviços na rede privada.  “Como a rede própria não será suficiente, nós damos um passo além, convidando a rede privada, além da rede filantrópica, para que a gente consiga alcançar esse objetivo de zerar essa fila”, comenta.

Quatro meses

Com o mutirão, o Estado pretende realizar em quatro meses o que levaria cerca de dois anos para atender toda a demanda reprimida. 

Serão oferecidas 54 cirurgias ofertadas no SUS em sete especialidades como do aparelho circulatório, visão, digestiva e abdominais, osteomolecular e geniturinário, das glândulas endócrinas e em nefrologia.

Remuneração

Para isso, o governo de SP pretende pagar um valor adicional de 100% ao que já é pago pela Tabela SUS do Ministério da Saúde para os 54 procedimentos nos serviços municipais, filantrópicos e Santas Casas. Assim, os hospitais públicos receberão o dobro da tabela para cada cirurgia realizada, além de um valor adicional para consultas e exames pré-cirúrgicos. 

Essa remuneração diferenciada na rede pública começa a valer na próxima quarta-feira (1º), com investimento de R$ 350 milhões do Tesouro Estadual. Todos os procedimentos realizados pela rede a partir desta data serão remunerados com o dobro da tabela SUS.

O recurso é um incentivo para a retomada dos procedimentos na rede pública e para que os hospitais tenham condições de até triplicar sua capacidade cirúrgica. 

Rede privada

O governador também anunciou que amanhã (26) será publicado no Diário Oficial do Estado um chamamento público para a contratação de procedimentos em serviços privados de todas as regiões.

O chamamento simplificado ficará aberto por 10 dias e os serviços que aderirem também vão receber o dobro do valor da tabela SUS, além de recursos para avaliações e exames pré-operatórios.

Os interessados poderão entregar as propostas nos DRSs (Departamentos Regionais de Saúde) das 17 regiões do Estado. Os documentos para a habilitação e as informações também estarão disponíveis no site www.saude.sp.gov.br . As contratações serão feitas ao longo do mês de junho e os atendimentos na rede privada começam até 1º de julho.

Rede estadual

A partir da próxima quarta-feira a Secretaria de Estado da Saúde também vai promover procedimentos extras em 56 hospitais da rede própria e em 37 AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades). No total, serão 47,7 mil cirurgias como procedimentos contra catarata, colecistectomia, hernioplastia, adenoidectomia, vasectomia etc.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.