Polícia

Incêndio destrói cooperativa de recicláveis em Araçatuba pela 2.ª vez

Foram destruídos equipamentos avaliados em R$ 500 mil; chamas teriam começado em material separado para venda

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
23/04/21 às 11h59
Incêndio destruiu equipamentos usados pela cooperativa (Foto: Divulgação)

Pela segunda vez em menos de um ano, a usina de gestão de recicláveis instalada ao lado do aterro sanitário de Araçatuba (SP) foi atingida por um incêndio que destruiu equipamentos utilizados pelos membros da Cooper Araçá (Cooperativa de Coleta Seletiva e Beneficiamento de Materiais Recicláveis de Araçatuba) e materiais recicláveis. O prejuízo estimado é superior a R$ 500 mil.

Segundo a Prefeitura, o incêndio ocorreu na madrugada desta sexta-feira (24) e aparentemente as chamas começaram no material que já estava separado para a venda. O fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros e o local periciado pelo Instituto de Criminalística, que emitirá laudo com a provável causa do incêndio.

A administração municipal informa que 19 famílias que integram a cooperativa fazem a triagem e o tratamento do material reciclável que chega à usina.

Prejuízo

O secretário de Meio Ambiente de Araçatuba, Lucas Proto, explica que todo o resíduo que já estava separado e prensado foi destruído, o que seria revertido no salário do mês dos cooperados.

De acordo com ele, o material estava separado esperando o comprador, que viria à cidade na próxima semana. “Por questão de logística, os compradores buscam o material todo no final de cada mês”, comenta.

Ele cita que a destruição da usina pelo incêndio causa um prejuízo ainda maior, pois o trabalho de separação dos recicláveis fica prejudicado devido aos equipamentos e materiais queimados.

O prefeito Dilador Borges (PSDB) visitou a usina pela manhã e informou que deve ser construída uma cerca para dificultar o acesso ao local fora do horário de trabalho da cooperativa. O município deve realizar uma coleta virtual de donativos para ajudar as famílias.

Esteira havia sido instalada no final do ano passado e foi destruída pelo incêndio (Foto: Divulgação)

Danos

Em setembro do ano passado, um incêndio atingiu essa mesma cooperativa, que foi criada em 2011 para auxiliar no sustento das famílias responsáveis pela triagem, processamento e venda dos materiais. Na ocasião foram danificadas três prensas e os materiais recicláveis que estavam preparados para vender, causando prejuízo calculado em R$ 80 mil.

Dois meses depois, a Prefeitura iniciou a instalação de uma esteira de rolagem de resíduos recicláveis, investimento de R$ 161,3 mil, segundo o que foi divulgado na ocasião.

O incêndio ocorrido na madrugada destruiu essa esteira, uma tenda e demais adequações referentes a um investimento de R$ 380 mil feitos pela administração municipal no local, além de duas prensas avaliadas em R$ 60 mil cada.

Em junho do ano passado, a Acrepom (Associação dos Catadores de Materiais de Recicláveis de Araçatuba) também foi atingida por um incêndio, que laudo apontou ter sido criminoso.

Prefeito Dilador Borges visitou o local na manhã desta sexta-feira (Foto: Divulgação)
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.