Política

Ministro da Educação, Carlos Decotelli entrega a carta de demissão a Bolsonaro

A equipe do presidente aconselhou Decotelli a deixar o cargo após as polêmicas sobre seu currículo na plataforma Lattes, onde consta que ele possui alguns títulos, que foram desmentidos pelas instituições de ensino

Da redação - Hojemais Três Lagoas
30/06/20 às 15h51
(Reprodução)

Nesta terça-feira, 30 de junho, o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli entregou a carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro.

O governo espera encontrar um novo nome para assumir o cargo ainda nesta terça-feira (30). 

A equipe do presidente aconselhou Decotelli a deixar o cargo após as polêmicas sobre seu currículo na plataforma Lattes, onde consta que ele possui alguns títulos, que foram desmentidos pelas instituições de ensino.

Bolsonaro publicou uma mensagem nas redes sociais elogiando a capacidade do ministro, mas desde segunda-feira, o presidente dizia que a situação do ministro era insustentável.

Bolsonaro fez a publicação depois de ter se reunido com Decotelli e ouvido explicações.

No currículo é questionado uma declaração de um título de doutorado na Argentina, que não teria obtido; um pós-doutorado na Alemanha, que não foi realizado e denúncia de plágio na dissertação de mestrado da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O ministro não chegou a tomar posse, já que as inconsistências em seu currículos se tornaram pública neste final de semana.

(*) G1

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.