Política

Seguem os trâmites para a cessão de área da UNESP para a construção de Estação de Tratamento de Esgoto em Selvíria

O projeto foi escolhido em processo seletivo destinado à contratação de operações de crédito para execução de ações de saneamento básico realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, antigo Ministério das Cidades.

Da Redação
01/07/20 às 20h10
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na tarde do dia 24 de junho, o prefeito José Fernando recebeu em seu gabinete, juntamente com o procurador geral Alexandre Oliveira, a visita do supervisor da Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão - FEPE, Prof. Dr. Antônio Carlos de Laurentiz e o diretor na Divisão Técnica Administrativa Antônio Aparecido Moro Junior, ambos da FEIS/UNESP, unidade de Ilha Solteira, e também do gerente regional Adilson Bahia e do supervisor de Unidade Marildo Alexandre da Silva, da Sanesul - Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul.

No encontro, foram tratados assuntos inerentes a “cessão de uso por interesse público” de área pertencente a universidade, para a construção da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto, em Selvíria.

Os documentos entregues a Prefeitura de Selvíria e protocolados pela Sanesul, para ser formalizado o pedido de cedência da área, foram encaminhados a UNESP, e com o parecer favorável da Diretoria e Congregação, tramitam para a aprovação da reitoria e Assessoria Jurídica da universidade.

As espectativas para a construção da ETE é para início de 2021, em uma área de cerca de cinco hectares na FEPE (Bovino). Até 2023, o valor total do investimento será de R$ 10.141.012,44 para a conclusão da primeira etapa da obra que é aguarda há décadas pela população de Selvíria.

“Estamos positivos quanto ao projeto da construção da ETE, e esperamos em breve estarmos anunciando o início das obras. Essa é uma antiga demanda local, e a população merece”, disse com entusiasmo o prefeito José Fernando.

Ministério do Desenvolvimento Regional

O projeto foi escolhido em processo seletivo destinado à contratação de operações de crédito para execução de ações de saneamento básico realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, antigo Ministério das Cidades. Das 40 cidades selecionadas, 31 ficam no Mato Grosso do Sul. Em Selvíria, o projeto de esgotamento sanitário será executado pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul).

* Assessoria de Comunicação.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.