Justiça

SAP cumpre decisão e Cleudson e Dr. Lauro deixam o CR de Araçatuba

Após 6 meses e meio encarcerados, eles obtiveram o direito de aguardar decisão da Justiça em prisão domiciliar

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
16/04/21 às 19h19
Cleudson deixou o CR de Araçatuba junto com o Dr. Lauro nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/Arquivo)

Os médicos Cleudson Garcia Montali e Lauro Henrique Fusco Marinho, o Dr. Lauro, de Birigui (SP), que estavam presos no CR (Centro de Ressocialização) de Araçatuba (SP) desde 29 de setembro, deixaram o presídio na tarde desta sexta-feira (16). Após 6 meses e meio encarcerados, eles obtiveram o direito de aguardar decisão da Justiça em prisão domiciliar.

O benefício foi concedido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, em atendimento a Habeas Corpus apresentados pelas defesas dos réus que alegou problemas de saúde. A decisão com relação a Cleudson é de segunda-feira (12) e do Dr. Lauro é de ontem.

Em nota enviada ao Hojemais Araçatuba , a assessoria de imprensa da SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) informa que às 17h30 deu cumprimento ao mandado de prisão domiciliar, concedido mediante HC no STF, que beneficiou os dois custodiados.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM JUSTIÇA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.